Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico do Grupo

Publicado: Segunda, 22 de Abril de 2019, 14h58 | Última atualização em Sexta, 28 de Fevereiro de 2020, 19h17 | Acessos: 178

A constituição do Grupo de Pesquisa em Gestão da Informação e do Conhecimento na Amazônia (GICA) tem origem na criação do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Ciência da Informação (NEPCI) pelo então Departamento de Biblioteconomia da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) que, ao efetuar estudos curriculares realizados para produzir mudanças efetivas no processo de formação de seu corpo discente a partir de 1996, deliberou pela concepção de um ambiente que interligasse o ensino, a pesquisa e a extensão de modo a proporcionar as condições infra estruturais para o desenvolvimento destas atividades tanto em nível de graduação quando de pós-graduação.

A proposta do NEPCI, construída coletivamente pelo corpo de docentes, demandava por sua oficialização tanto interna como externamente.

Internamente

Embora sua concepção tenha origem nas discussões ocorridas em 1999 quando do planejamento pedagógico do Departamento de Biblioteconomia que constituiu uma proposta para a oferta dos cursos do campo da Ciência da Informação, a saber, Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia, a criação do NEPCI só foi oficialmente aprovada na Reunião Ordinária do Curso de Biblioteconomia ocorrida em 19 de janeiro de 2006 e, no âmbito da gestão superior, pela Portaria GR N.º 735/2006, revogada pela Portaria GR N.º 1229/2007, que instituiu o Núcleo estabelecendo seu caráter interdepartamental considerando sua proposta de atuar no campo da Ciência da Informação.

Externamente

o Grupo de Estudo e Pesquisa em Ciência da Informação (GEPCI) foi formado na Plataforma Lattes em dezembro 2000, sob a liderança da então recém doutora, Célia Regina Simonetti Barbalho, docente que possuia titulação naquela época para realizar tal ação. O GEPCI espelhou o projeto do NEPCI e se configurou ao longo de dezenove anos, como um grupo de pesquisa do curso de Biblioteconomia e, a partir de 2009, também do curso de Arquivologia, tendo em vista a ausência de novos grupos constituídos pelos docentes.

Além do registro oficial na Plataforma, o GEPCI/NEPCI também foi credenciado pela Resolução CAPDA N.º 010/2005, em 26 de agosto de 2005, por meio do Departamento de Biblioteconomia, no Comitê das Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento na Amazônia (CAPDA), órgão destinado à gestão dos recursos destinados às atividades de pesquisa e desenvolvimento, oriundos dos investimentos realizados pelas empresas de desenvolvimento ou produção de bens e serviços de informática que fizeram jus a benefícios fiscais previstos na Lei de Informática nº 8.387, de 30 de dezembro de 1991, e alterada pela Lei nº 10.176, de 11 de janeiro de 2001.

Uma nova configuração se constituiu ao longo do tempo e novos docentes se titularam, possibilitando um redimensionamento do grupo de pesquisa de modo a contemplar, de fato, o trabalho realizado pela pesquisadora e pelos integrantes de sua rede de colaboração.

Em 2019, pesquisadores que integravam o GEPCI, cujas pesquisas estavam alinhadas com a área de gestão da informação e do conhecimento, se manifestaram favoráveis ao propósito de reconfigurar o grupo, participando de workshops com objetivo de estabelecer os preceitos que redimensionaram o GEPCI, o qual passou então a ser denominado de Gestão da Informação e do Conhecimento na Amazônia (GICA).

 

 

Fim do conteúdo da página